Leões da PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA 2023 irão rugir nos ralis ibéricos pelo sexto ano consecutivo

Lançada em 2018 e assumindo-se de imediato como uma iniciativa de enorme sucesso, a PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA prepara o regresso aos troços cronometrados de Portugal e Espanha, para os seis ralis que irão compor o Calendário de 2023, três de cada lado da fronteira, com provas em pisos de terra e asfalto pontuáveis para diferentes séries, WRC incluído.

Objetivo: encontrar os sucessores da dupla Diego Ruiloba / Angel Vela, os Campeões da copa de 2022 e que, por via desse resultado, conquistaram o Grande Prémio, levando a que o piloto seja, este ano, Piloto Oficial da Stellantis Motorsport no SuperCampeonato de Espanha de Ralis, com uma viatura da categoria Rally2.

Quanto à sexta temporada da copa ibérica, teremos em liça um plantel renovado aos comandos dos pequenos Peugeot 208 Rally4, leões de competências comprovadas ao nível da competitividade e fiabilidade. Este produto da Peugeot Sport, tem permitido, de há quatro anos a esta parte, lutas titânicas pelas vitórias dos diferentes ralis que têm composto a copa nas diferentes épocas, em ambos os lados da Península Ibérica, marcando o ritmo das emoções no Campeonato de Portugal de Ralis e no SuperCampeonato de Espanha de Ralis.

Coorganizada pela PEUGEOT Portugal e a PEUGEOT Espanha, com o apoio logístico da Sports & You, a PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA tem permitido aos jovens talentos ibéricos, bem como a outros de diferentes origens, progredirem nas suas carreiras dos ralis, elevando-os a voos mais altos, a nível internacional.

Reafirmando-se como o troféu de referência na Península Ibérica, a PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA conta com um muito aliciante montante de prémios, no valor acumulado de 120.000 euros e distribuídos por rali. No final da época, o destaque vai para o Grande Prémio, que permitirá ao Campeão de 2023 o acesso a um Programa Oficial no próximo ano.

O primeiro encontro está já agendado para o final do mês de abril, no Rali Terras d’Aboboreira, numa copa que evoluirá depois, até outubro, pelo Vodafone Rally de Portugal (prova do WRC), e pelas regiões de Ourense, Ilha da Madeira, Astúrias e Catalunha. Que ganhe o melhor!

 

 

3… 2… 1… GO!!!

Ultimam-se os preparativos para Temporada 6 da PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA, a primeira das iniciativas de ralis de abrangência ibérica cujo lançamento ocorreu em 2018, de imediato granjeando um sucesso hoje amplamente reconhecido. A então inédita iniciativa já consagrou cinco Campeões, pilotos que, entretanto e fruto desse resultado máximo, elevaram as suas carreiras a novos patamares, dando o salto para outras categorias e competições de ralis, a nível nacional e internacional.

O calendário de 2023 desta competição coorganizada pela Peugeot Portugal e Peugeot Espanha, com a logística a cargo da Sports & You, volta a compor-se por um total de seis eventos, divididos pelas duas fronteiras e em pisos de terra e de alcatrão. Será um mix de provas pontuáveis não só para o Campeonato de Portugal de Ralis (CPR, sob a égide da FPAK) e para o SuperCampeonato de Espanha de Ralis (SCER, sob a égide da RFEDA), como para três iniciativas da FIA: Campeonato do Mundo de Ralis (WRC), European Rally Trophy (ERT) e International Iberian Trophy (IIT).

A PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA 2023 iniciar-se-á já no final do mês no Rali Terras d’Aboboreira (nos dias 28 e 29 de abril), jornada pontuável para o CPR e o primeiro dos dois eventos lusos do ERT, a que se seguirá o mundialista Vodafone Rali de Portugal (11 a 14 de maio), prova do WRC e do CPR. Este rali terá, este ano, a particularidade de integrar o plantel desta copa ibérica apenas no percurso do dia de sábado (dia 13 maio), o mesmo que é válido para o Campeonato de Portugal de Ralis de 2 Rodas Motrizes.

Dessas duas jornadas em terra, o plantel da copa ruma aos pisos de asfalto do Rallye Ourense (17 a 18 de junho), pontuável para o SCER, fechando-se a primeira metade desta Temporada 6 da iniciativa ibérica. Mês e meio depois, será, de novo, no asfalto que se fará o regresso à contenda, então com uma estreia no Rali Vinho Madeira (3 a 5 de agosto), conceituada jornada na “Pérola do Atlântico” que, em 2023, pontua para o CPR e para o ERT da FIA, Raly & You Madeira para além do Campeonato da Madeira de Ralis.

A PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA 2023 completar-se-á em dois ralis do SCER, com o Rallye Blendio Princesa de Asturias – Ciudad de Oviedo (09 e 10 de setembro), este ano com um percurso misto em terra e asfalto, a que se seguirá o sempre espetacular RallyRACC Catalunya – Costa Daurada (20 e 21 de outubro), este ano corrido em terra, percurso que definirá os rankings finais de Pilotos, Navegadores e Equipas, consagrando os Campeões de 2023.

“Na senda do sucesso das cinco edições anteriores, orgulhamo-nos de apresentar a sexta temporada desta nossa iniciativa PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA, que visa fazer eclodir futuros talentos, ou confirmar outros, nesta modalidade, colocando-os frente a frente com nomes de créditos firmados que veem, neste troféu, um vetor para continuar a evoluir e a estruturar as suas carreiras nos ralis, quiçá levando-os à realização de um sonho e a desenvolver programas desportivos ainda mais sólidos, em alguns casos, elevados a novos patamares dos ralis internacionais”, refere João Mendes, Diretor da PEUGEOT Portugal e Espanha. “A competição e a competência desportiva estão no ADN da Peugeot e, em particular nos ralis, estão no PEUGEOT 208 Rally4 que serve de base a esta copa, um ‘leão’ de qualidade comprovadas que, desde há três anos, tem permitido acesas lutas pelas vitórias e pelos títulos em ambos os lados da fronteira ibérica. Trata-se de um modelo que transmite os valores da marca PEUGEOT, sendo vencedor, fiável e acessível, num claro contributo para a imagem de sucesso do modelo de série que lhe serve de base. E, num período em que a sociedade é chamada a desempenhar o seu papel na transição energética, destaco ainda a particularidade de termos em algumas provas uma unidade 100% elétrica e-208 como ‘Carro de Segurança’. É um espelho da transição energética que abraçámos na PEUGEOT e da qualidade dos nossos produtos eletrificados que levam os clientes a elegerem-nos como um ‘player’ de referência nesse mercado.”, acrescentou.

 

CALENDÁRIO DA PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA 2023

28 e 29 de abril Rali Terras d’Aboboreira Terra Portugal
11 a 14 maio Vodafone Rally de Portugal* Terra Portugal
17 e 18 junho Rally de Ourense Asfalto Espanha
3 a 5 de agosto Rali Vinho Madeira Asfalto Portugal
9 e 10 de setembro Rallye Blendio Princesa de Asturias – Ciudad de Oviedo Asfalto e Terra Espanha
20 a 23 outubro RACC Catalunya/Rally de España Terra Espanha

 

* Percurso a definir para efeitos de classificações e pontuações.

À semelhança do que sucedeu em 2022, alguns dos ralis da PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA 2023 terão um PEUGEOT e-208 100% elétrico como “Carro de Segurança”, em apoio às respetivas organizações. Com esta ação, a marca Peugeot volta a sublinhar o seu abrangente processo de transição energética, sendo um dos principais protagonistas em Portugal e Espanha, propondo em ambos os mercados uma cada vez mais ampla gama de produtos elétricos e eletrificados.

 

A COPA QUE PROMOVE A EVOLUÇÂO DAS CARREIRAS NOS RALIS

Será, de facto, no final destas seis provas que se conhecerá o sucessor de Diego Ruiloba, Campeão da PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA 2022, piloto que, fruto desse resultado, alcançou uma participação oficial no SuperCampeonato de Espanha de Ralis 2023 com uma viatura da Stellantis Motorsport, da categoria “Rally2”. Fá-lo na companhia de Ángel Vela, experiente co-piloto espanhol.

Provando a validade da copa ibérica como vetor para a construção de carreiras desportivas nos ralis, destaquem-se, também, o facto de que também Alejandro Cachón / ‘Jandrín’, Campeões da copa ibérica em 2021, se viram promovidos, em 2022, a pilotos oficiais da Stellantis Motorsport no SCER, discutindo o título com uma viatura de “Rally2”, para este ano darem novo passo em frente nas suas carreiras, integrando a luta pelo título de WRC2 no Mundial de Ralis 2023, aos comandos de uma viatura idêntica.

 

120.000 EUROS EM PRÉMIOS POR RALI E UM GRANDE PRÉMIO FINAL

Para 2023 e na linha das anteriores edições, a organização da PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA aponta para um volume significativo de inscrições, objetivo para que o atrativo pacote de prémios a distribuir pelo plantel irá, decerto, contribuir.

20.000 euros a distribuir prova a prova, divididos pelos ocupantes do top-10 de cada rali, valor que inclui 1.000 euros para o melhor piloto Júnior (com 27 anos ou menos, nascido em ou após 1 de janeiro de 1996; 50% entregues sob a forma de vales de compra Peugeot Sport Racing Shop, a utilizar até 31 de dezembro de 2023).

Naturalmente, os bolos maiores vão para os ocupantes dos lugares do pódio nos seis ralis (ex.: 5.000 euros para o vencedor, 4.000 para o segundo classificado e 3.000 para o terceiro), distribuindo-se o restante montante pelos demais classificados no ranking da copa.

Somadas as pontuações conquistadas ao longo da PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA 2023 (ver detalhe abaixo), o Piloto que melhor pecúlio tiver acumulado conquistará o Grande Prémio Final que está reservado aos futuros “Campeões”: um programa desenvolvido pela Sports & You, aos comandos de uma máquina Rally2 em Portugal ou Espanha; ou um programa oficial Peugeot Sport com um Peugeot 208 Rally4 no ERC (cabe à organização da copa a definição do programa).

Ainda neste domínio, a Equipa Campeã que melhor pontuação acumulada somar no final da época, garantirá um de dois vouchers para aquisição de viaturas Stellantis Motorsport, ou no valor de 5.000 euros para um veículo da categoria Rally4, ou de 10.000 euros para uma viatura da categoria Rally2.

Em resumo, a PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA 2022 soma um montante total de 120.000 euros em prémios (monetários e vouchers) para distribuir ao longo das seis provas do calendário e após o seu término.

 

PEUGEOT 208 RALLY4, UM PEQUENO GRANDE LEÃO DOS RALIS

Herói desta competição tem sido, desde há três anos, o Peugeot 208 Rally4, modelo alicerçado nos reconhecidos fatores que sublinham a excelência da Marca: fiabilidade, qualidade, eficiência e, no caso dos ralis, combatividade, até se permitindo, por vezes, envolver-se em lutas diretas com outras viaturas de categorias superiores, para lugares nos top-10 finais de diferentes ralis.

Desenvolvido com base no Peugeot 208 de série, este produto saído dos ateliers de competição da Peugeot Sport e que a organização da PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA foi uma das primeiras a utilizar, continua a somar sucessos em todo o planeta, nomeadamente na sua categoria “Rally 4”, assentando na plataforma CMP da Marca, tecnologia de baixo peso e dinâmica evoluída, que garantem um potencial de performances desportivas bastante significativas.

 

Sem alterações de fundo no capítulo mecânico, o 208 Rally4 da PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA mantém o motor 1.2 PureTech de 3 cilindros turbo (EB2 Turbo) adaptado para a competição, dotado de um turbo de maiores dimensões, uma gestão eletrónica de competição Magneti Marelli e uma caixa sequencial de cinco velocidades SADEV, de operação manual, entre outros elementos.

Nesta versão de ralis debita uma potência de 208 cv às 5.450 rpm e alcança um binário de 290 Nm às 3.000 rpm. O modelo conta ainda com um diferencial autoblocante mecânico, travões de disco ventilados à frente de 330 mm (pisos de asfalto) ou 283 mm (terra) e discos sólidos atrás (290 mm), suspensão ajustável em três níveis (com compressão/afastamento de alta e baixa velocidade), num conjunto que tem um peso mínimo de 1.080 kg (1.250 kg com piloto e navegador a bordo).

Novas encomendas para exemplares do 208 Rally4 a utilizar na PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA deverão ser colocadas através da Sports & You, distribuidora oficial da Stellantis Motorsport Racing Shop para Portugal e Espanha. O modelo é proposto por 72.000 euros (antes de impostos).

Informações adicionais no capítulo “Peugeot 208 Rally4 – Características Técnicas”, na última página deste Comunicado de Imprensa.

 

DE SEIS RALIS CONTAM AS CINCO MELHORES PONTUAÇÕES

Sem alterações no domínio das Pontuações a atribuir, a Pilotos e Navegadores, em cada uma das seis provas pontuáveis para PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA 2023, mantém-se a sequência de 25 pontos para os vencedores, 20 para os segundos classificados e 18 para os terceiros, dividindo-se os restantes 14-12-10-8-6-4-2 pontos do quarto ao 10º lugar. A partir do 11º lugar, é atribuído 1 ponto extra.

Mantém-se, também, a Pontuação Extra para os três mais rápidos nos troços que se definirem como “Power Stage” (ref em Portugal) ou “TC Plus” (ref em Espanha), com 3 pontos ao mais rápido, e depois 2 e 1 pontos às segundas e terceiras melhores equipas nessa Especial em particular (em caso de empate, até à décima, serão atribuídos os mesmos pontos).

Para dar um boost extra na luta de final de época pelos pontos da copa, as pontuações da quinta e sexta provas (Princesa das Asturias e Catalunya) terão um coeficiente de multiplicação de 1,2 aos pontos totais obtido nessas provas.

Dos seis ralis da PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA 2023 serão apurados os cinco melhores resultados.

Como se refere acima, as Equipas, desde que inscritas na copa, poderão somar as duas melhores pontuações dos seus dois melhores representantes em cada rali, incluindo os pontos da “Power Stage” / “TC Plus”. Neste caso, conta o total dos seis resultados, dos seis ralis.

Oportunamente serão reveladas informações adicionais da PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA 2023, designadamente aquando da publicação das versões finais do respetivo Regulamento Desportivo e Regulamento Técnico da competição.

 

 

Coorganizada pela PEUGEOT Portugal e pela PEUGEOT Espanha e com a gestão logística a cargo da Sports & You, a PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA 2023 volta a ter a Pirelli como parceira, no domínio do fornecimento e assistência em termos de pneus, e os apoios do RACC e do ACP.

 

INFORMAÇÕES E FOTOS:

– em http://www.peugeotrallycupiberica.com/

– no Facebook https://www.facebook.com/peugeotrallycupiberica/

– Imagens da PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA para imprensa (livres de direitos editoriais) em  https://aifa.smugmug.com/Motorsport/PEUGEOT-Rally-Cup

 

 

CONTACTOS:

PEUGEOT PORTUGAL – Jorge Magalhães |  jorge.magalhaes@stellantis.com | + 351 96 986 16 80

SPORTS & YOU – José Pedro Fontes | jpfontes@sportsandyou.pt | + 351 91 762 55 88

GOOD NEWS – Tito Morão | tmorao@goodnews.pt | + 351 91 840 00 01

José Pinheiro | jpinheiro@goodnews.pt | + 351 91 565 32 73

 

 

 

PEUGEOT 208 RALLY4 – CARATERÌSTICAS TÉCNICAS

 

Chassis

Estrutura: chassis reforçado por um rollcage multiponto soldado

Carroçaria: Aço e secções plásticas

 

Motor

Tipo: EB2 Turbo

Diâmetro x curso: 75 x 90.mm

Cilindrada: 1.199 cc

Potência máxima: 212 cv às 5.450 rpm

Binário Máximo: 290 Nm às 3.000 rpm

Potência específica: 175 cv/l

Distribuição: Dupla árvore de cames à cabeça, 4 válvulas por cilindro

Alimentação: Injeção direta controlada por unidade Magneti Marelli

 

Embraiagem

Tipo: Duplo disco em cerâmica / metal

 

Transmissão

Tipo: Às rodas da frente

Caixa de velocidades: SADEV de 5 velocidades sequencial, controlo manual

Diferenciais: Mecânicos, auto-lock

 

Travões

Frente: Discos ventilados, 330 mm (asfalto) / 283 mm (terra), pinças de 4 pistons Alcon

Atrás: Discos ventilados, 290 mm, pinças de 4 pistons Alcon

Travão de mão: Controlo hidráulico

 

Suspensões

Tipo: McPherson

Amortecedores: Öhlins, ajustáveis de 3 vias (compressão a alta e baixa velocidade, recuo)

 

Rodas

Asfalto: Jantes 7×17″; pneus 19/63-17

Terra: Jantes 6×15″; pneus 17/65-15

 

Dimensões, pesos e capacidades

Comprimento / Largura: 4.052 mm / 1.738 mm

Distância entre eixos: 2.533 mm

Depósito de combustível: 60 litros

Peso: 1.080 kg (mínimo) / 1.250 kg (piloto e navegador); segundo regulamento FIA Rally4