CATALUNHA VOLTA A DECIDIR CAMPEÕES DA PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA

Depois de há um ano ter servido de palco à decisão dos títulos da PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA 2021, num confronto que, então, colocou frente a frente Alejandro Cachon e Alberto Monarri – o cetro final ficaria para os primeiros – são, nesta Temporada 5, outros os pilotos que chegam à derradeira prova do ano, o RACC Rally Catalunya / Costa Daurada – Rally de España, com a pretensão de serem coroados Campeões.

Este ano é entre Diego Ruiloba e Óscar Palomo que se discute o título de Pilotos da Temporada 5 da copa ibérica. Chegam a esta última prova do ano separados por 12,8 pontos, numa jornada que tem para distribuir um máximo de 33,6 pontos. Ao nível dos Navegadores, Andrés Blanco, co-piloto de Ruiloba, já assegurou o título antecipadamente, chegando à Catalunha sem essa pressão.

Está, por isso, assegurada uma luta sem quartel entre os dois únicos candidatos ao título de 2022, ambos apostando nas capacidades dos competitivos PEUGEOT 208 Rally4, preparados pelas respetivas equipas técnicas, com Ruiloba e Palomo a visar o apetecível Grande Prémio, único e de sonho, que está guardado para o ‘Campeão’: um programa de ralis em 2023 com uma viatura da categoria “Rally2”, em Espanha ou Portugal, ou outra de “Rally4”, no Europeu de Ralis.

Recorde-se que em termos de pontuações e como é hábito em ralis dos principais campeonatos FIA, a PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA 2022 irá apenas aproveitar a 1ª Etapa deste RACC Rally Catalunya / Costa Daurada – Rally de España, Terá uma extensão de 601,64 quilómetros, integrando 8 Especiais, divididas por duas rondas (quatro troços cada), para um total de 118,92 quilómetros cronometrados, num rali que, para efeitos da copa ibérica terminará já bem perto da meia-noite.

Acrescente-se que a presente edição da prova organizada pelo Real Automóvil Club de Catalunya é simultaneamente pontuável para o Campeonato da Europa de Ralis (ERC), sendo a sua última jornada, e para Campeonato do Mundo de Ralis (WRC), como penúltimo rali do calendário 2022, correndo-se ao longo de quatro dias (20 a 23 de outubro).

 

 

DOIS CANDIDATOS, UM TÍTULO DE “CAMPEÃO 2022”

Contabilizadas que estão as pontuações dos cinco anteriores ralis da PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA 2022, Diego Ruiloba chega à Catalunha, para o último rali do ano, com um score de 91,40 pontos, somando mais 12,8 pontos do que o seu conterrâneo Óscar Palomo (78,60 pontos), sendo os únicos que podem chegar ao título da Temporada 5 da inigualável copa ibérica.

Recorde-se que Ruiloba começou o ano com um 4º lugar nos troços de terra do Rali Serras de Fafe e Felgueiras, evento onde Palomo assegurou a primeira vitória do ano. Seguiu-se Mortágua, onde Ruiloba somou a pontuação máxima (vitória e melhor tempo na Power Stage), aproveitando ainda o desaire de Palomo que, ao abandonar, saiu do rali em branco. O mesmo lhe sucederia no encontro seguinte, o Vodafone Rally de Portugal, onde Ruiloba assegurou um valioso 3º lugar.

A meio da época Diego Ruiloba somava 59 pontos, sendo líder isolado; já Óscar Palomo tinha apenas 25, menos de metade e muito terreno para recuperar.

Da terra portuguesa passou-se para o asfalto espanhol, com a sorte e o azar a mudarem de mãos, pois Palomo vencia em Ourense e fazia o terceiro melhor crono na Power Stage, uma jornada onde Ruiloba registou um abandono. Seguiu-se, há menos de um mês, um Rallye Villa de Llanes impróprio para cardíacos, num combate ao segundo entre ambos, que terminaria com uma vitória de Ruiloba sobre Palomo assegurada por dois décimos de segundo.

E eis-nos chegados à Catalunha, rali que será, de novo, palco do ‘tira teimas’ da copa ibérica e onde há uma pontuação máxima de 33,6 pontos para distribuir: 25 para o vencedor e 3 pontos adicionais para o mais rápido na Power Stage, tudo multiplicado por um fator de 1,2 pontos (tal como no Rallye Villa de Llanes; Artigo 3.1.1 do Regulamento Desportivo).

Como se refere acima, o diferencial entre eles é, nesta altura, de 12, 8 pontos, pelo que muitas contas são possíveis entre os melhores representantes dos 208 Rally4 usados na copa. E, desta feita, dado que ambos já registam abandonos, nem há pontuações para deitar fora.

POTENCIAIS CONTAS PARA O CETRO

Diego Ruiloba depende mais de si do que do seu adversário, havendo várias hipóteses de se sagrar Campeão, mesmo que não ganhe o rali ou nem faça um bom tempo na Power Stage (PS). Basta-lhe, por exemplo, ser 3º da geral e fazer o 3º melhor tempo na PS, passando a totalizar 113,00 pontos, isto mesmo que Óscar Palomo vença o rali e faça o melhor tempo na PS, sendo que só alcançará um máximo de 112,20 pontos.

Em situação diametralmente oposta, consideremos que Ruiloba é 5º da geral mas faz o melhor tempo na PS. Neste caso somará um total de 109,4 pontos, o que obrigará Palomo a vencer o rali e a fazer pelo menos o 3º melhor tempo na PW (109,8 pontos), ou seja, o título decidir-se-ia por 4 décimos.

 

 

Se Ruiloba for 5º da geral e não pontuar na Power Stage, somará 105,8 pontos finais, pelo que para Palomo ser Campeão terá que ser 2º no rali e ser o mais rápido na PS (total de 106,2 pontos) ou, em alternativa, vencer, sendo que caso tal sucedesse nem precisaria de pontuar na PS (total de 108,6 pontos).

Mas se no futebol é comum dizer-se que “prognósticos só no final do jogo”, nos ralis só mesmo quando se atinge o controlo final da prova é que se sabe quem, de facto, foi o vencedor, sendo inúmeros os outros fatores, bem conhecidos, a ter em conta, das condições climatéricas, ao estado dos pisos, correção das notas e até do próprio estado de espírito dos concorrentes. Numa frase: que ganhe o melhor!


RALLYE DE CATALUNYA / COSTA DAURADA – LISTA DE INSCRITOS

6ª prova (de 6) da PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA 2022

 

Piloto Nacionalidade Navegador Nacionalidade
112 Óscar Palomo Espanha Ángel Vela Espanha
113 Diego Ruiloba Espanha Andrés Blanco Espanha
116 Luis Morais Portugal Paulo Silva Portugal
117 Iago Gabeiras Espanha Brais Miron Espanha
119 Adrià Serratosa Espanha Eric Bellver Espanha

 

O PROGRAMA DO CATALUNYA / COSTA DAURADA – RALLY DE ESPAÑA*

Sexta e última prova da PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA 2022, terceira em asfalto e também terceira em Espanha, o Rally de Catalunya / Costa Daurada – Rally de España divide-se pelos dias 20 e 21 de outubro, concentrando a luta ao cronómetro apenas no dia de sexta-feira, uma etapa única – a que conta para efeitos da copa ibérica – que integra 8 Especiais (quatro troços, todos corridos em dupla ronda), com um acumulado de 118,92 quilómetros cronometrados, para um percurso total de 601,64 quilómetros.

A partir das 9h01 de quinta-feira (20 outubro) inicia-se o Shakedown, para as últimas afinações aos set-ups dos PEUGEOT 208 Rally4, tendo como palco o troço de Coll de la Teixeta (4,21 km). Às 19h00 terá lugar a Cerimónia de Partida no Pódio montado em Salou, antes da entrada dos concorrentes no Parque de Assistência.

A batalha pelo título iniciar-se-á, de facto a partir das 07h30 de sexta-feira (21 outubro), com uma primeira sequência de quatro troços: ES1 Els Omells-Maldà 1 (11,05 km; 8h33), ES2 Serra de la Llena 1 (11,79 km; 9h33), ES3 Les Garrigues Altes 1 (22,64 km; 10h26) e ES4 Riba-Roja 1 (13,98 km; 11h26). Após o Reagrupamento e passagem pelo Parque de Assistência, a ronda, de estrutura idêntica, terá os mesmos troços às 15h09, 16h09, 17h02 e, a fechar a época, a ES8 – Riba-Roja 2 às 18h02, troço que servirá de Power Stage para a copa ibérica. A consagração dos melhores no rali e a festa dos “Campeões” acontecerá no Pódio de Salou.

 

 

Acrescente-se que as equipas que o entenderem poderão continuar em prova, já que este rali pontuável para o ERC (última jornada) e para o WRC (penúltima) prolongar-se-á até domingo (23 outubro), sendo que qualquer resultado que venham a alcançar, à geral ou no agrupamento, não terá qualquer influência nas pontuações da PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA 2022.

Um detalhe adicional neste capítulo: Óscar Palomo, para além da copa ibérica, está também em luta pelo título europeu da categoria ERC4, categoria onde se integra o seu PEUGEOT 208 Rally4. Caso, no final deste rali pontuável para o ERC 2022, termine no top-5 da categoria sagrar-se-á Campeão da Europa ERC4 2022. Parte com uma vantagem de 14 pontos para o seu adversário mais direto, o italiano Andrea Mabellini, piloto que conduz uma viatura de outro construtor automóvel.

* Notas: Horas locais, mais uma hora do que em Portugal Continental. As horas indicadas referem-se ao primeiro carro na estrada.

O PEUGEOT 208 RALLY4 EM RESUMO

Estreado competitivamente em solo de Portugal em 2020, o PEUGEOT 208 Rally4 é a máquina por excelência da PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA 2022, viatura de competição com assinatura da PEUGEOT Sport e da Stellantis Motorsport.

Desenvolvido com base no PEUGEOT 208 de série, o 208 Rally4 alicerça-se nos reconhecidos fatores que sublinham a excelência da marca – fiabilidade, qualidade, eficiência e, no caso dos ralis, combatividade – proposta que é atualmente recordista de vendas entre a oferta “Rally 4”, num sucesso sem par a nível mundial em viaturas de copas monomarca.

Esta versão de ralis integra um motor 1.2 PureTech de 3 cilindros turbo comprimido adaptado para a competição, com um turbo maior, uma gestão eletrónica de competição Magneti Marelli, para uma potência que se eleva aos 208 cv às 5.450 rpm, alcançando-se um binário de 290 Nm às 3.000 rpm.

Caixa sequencial de cinco velocidades SADEV, diferencial autoblocante mecânico, travões de disco ventilados à frente de 330 mm (asfalto) ou 283 mm (terra) e discos sólidos atrás (290 mm), suspensão ajustável em três níveis (com compressão / afastamento de alta e baixa velocidade), são outros elementos de um conjunto com um peso mínimo de 1.080 kg (1.250 kg com equipa).

CATALUNHA NO CAIR DO PANO NA COPA IBÉRICA 2022

São seis os ralis que compõem o calendário da PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA 2022, com três jornadas em Portugal, em pisos de terra, e também três em Espanha, em asfalto, alinhamento que contempla eventos do Campeonato do Mundo (WRC) e do Europeu (ERC) da disciplina.

 

 

CALENDÁRIO DA PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA 2022*

Datas Prova Piso País
11 e 12 março Rally Serras de Fafe e Felgueiras (1ª Etapa)** Terra Portugal
29 e 30 abril Rali de Mortágua Terra Portugal
19 a 21 maio Vodafone Rally de Portugal (1ª Etapa)** Terra Portugal
17 e 18 junho Rallye de Ourense Asfalto Espanha
23 e 24 setembro Rallye Villa de Llanes Asfalto Espanha
20 a 23 outubro RACC Catalunya/Rally de España (1ª Etapa)** Asfalto Espanha

* Provisório, dependente de eventuais condicionantes decorrentes da pandemia de COVID-19; ** Para efeitos de classificações e pontuações, apenas se consideram os resultados da 1ª Etapa.

 

Coorganizada pela PEUGEOT Portugal e pela PEUGEOT Espanha e com a gestão logística a cargo da Sports & You, a PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA 2022 tem a Pirelli como parceira, no domínio do fornecimento e assistência em termos de pneus, entre outros apoios: Vodafone, RACC e ACP.

 

INFORMAÇÕES E FOTOS:

– em http://www.peugeotrallycupiberica.com/

– no Facebook https://www.facebook.com/peugeotrallycupiberica/

– Imagens da PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA para imprensa (livres de direitos editoriais) em https://aifa.smugmug.com/Motorsport/PEUGEOT-Rally-Cup

 

CONTACTOS:

PEUGEOT PORTUGAL – Jorge Magalhães |  jorge.magalhaes@stellantis.com | + 351 96 986 16 80

SPORTS & YOU – José Pedro Fontes | jpfontes@sportsandyou.pt | + 351 91 762 55 88

GOOD NEWS – Tito Morão | tmorao@goodnews.pt | + 351 91 840 00 01

José Pinheiro | jlpinheiro@goodnews.pt | + 351 91 565 32 73